Fonte: Unisinos
Por: Marilene Maia e Átila Alexius

 

IV Seminário dos Observatórios, Metodologias e Impactos agendado para os dias 29 e 30 de setembro próximo foi concebido com o propósito de  reunir e articular diferentes Observatórios, assim como aprofundar e qualificar as referências e ações em relação às temáticas dos territórios e políticas públicas.

Este evento está sendo ideado pela Rede de Observatórios que se constituiu no III Seminário, realizado em 2013. A tematização proposta é de interesse do coletivo de Observatórios comprometidos com a organização e democratização das informações, assim como com a afirmação de políticas públicas no contexto da sociedade e Estado contemporâneos.

O Seminário deverá reunir acadêmicos, pesquisadores e agentes que atuam junto a Observatórios e nos processos de fortalecimento da transparência e democratização do Estado e da Sociedade, assim como pesquisadores das temáticas: observatórios, territórios e políticas públicas.

O “IV Seminário Observatórios, Metodologias e Impactos: territórios e políticas públicas” será realizado nos dias 29 e 30 de setembro na Unisinos em São Leopoldo.

Foto: Luiza Tondin Port

Compõem a Rede de Observatórios:

•    Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos
•    Observatório da Educação – CAPES/INEP – Programa de Pós Graduação em Educação – Unisinos
•    Observatório Juvenil do Vale – Unisinos
•    Observatório do Terceiro Setor – FiJo
•    Observatório das Políticas de Saúde para as Populações do Campo, Floresta e Águas
•    Observatório Cultural – Unilasalle
•    Observatório Unilasalle: Trabalho, Gestão e Políticas Públicas – Unilasalle
•    Núcleo de Estudos e Pesquisas em Segurança Alimentar e Nutricional – Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Rural – UFRGS
•    Observatório da Cidade de Porto Alegre – ObservaPoa

No mês de junho as reuniões da Rede de Observatórios ocorreram nos dias 03 e 16, na última reunião realizada ficou definido que o próximo encontro será no dia 04 de julho às 10h no Instituto Humanitas Unisinos – IHU.