NOTA DE PESAR DIANTE DO ASSASSINATO DE ADÃO DO PRADO E AIRTON LUIS RODRIGUES DA SILVA

Nota divulgada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

‘O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra vem a público informar que nesta quinta feira, dia 30 de abril, dois de seus integrantes, Adão do Prado (59) e Airton Luis Rodrigues da Silva (56), foram assassinados no Assentamento Santa Rita de Cássia II, em Nova Santa Rita, no RS.

O movimento repudia qualquer ato de violência, pede investigação das causas e punição dos culpados.

Militantes do MST desde 2000, os companheiros Adão e Airton participaram de muitas lutas por Reforma Agrária, marchas e ocupações até chegar na conquista da terra no ano de 2005.

Participaram ativamente da vida comunitária, da produção agroecológica, e sempre foram solidários. O MST se solidariza com familiares e amigos das vítimas e exige justiça.

A CADA COMPANHEIRO/A TOMBADO, NEM UM MINUTO DE SILÊNCIO, MAS TODA UMA VIDA DE LUTA.’