Chuva de Agrotóxicos

O filme “Pontal do Buriti – brincando na chuva de veneno” foi lançado hoje (19) durante o II Encontro de Saúde das Populações do Campo e da Floresta. O filme relata os acontecimentos do dia 3 de maio de 2013, quando um avião pulverizou o agrotóxico Engeo Pleno, da Syngenta, em cima da escola São José do Pontal, na cidade de Rio Verde (GO).

Hugo Alves dos Santos, professor da escola, fez um relato emocionado da situação em que se encontra a comunidade. “A escola não voltou ao normal.” Vários alunos e professores continuam sentindo os efeitos da intoxicação, e reclamam da qualidade do atendimento. E atesta: “A nossa saúde não está preparada para lidar com uma situação como essa.”

De acordo com Carlos Auguto, da Secreatria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, “os agrotóxicos representam o produto químico perigoso mais difundido entre a população brasileira. Outros produtos perigosos estão restritos a alguns setores. Os agrotóxicos estão por toda parte.” Ele acrescentou ainda que “a ferramenta que temos para enfrentar de fato essa situação é o Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. Com muita dificuldade, o movimento social conseguiu inserir uma pauta de combate aos agrotóxicos.”

O debate ao final da exibição girou em torno da responsabilização pelo acidente, em que se questionou quem contratou o avião, e quem de fato seria o dono da plantação de milho.

O filme está disponível na internet: