Segunda, dia 20 de maio, acontece na Escola Superior de Advocacia (ESA/CE), um debate sobre a CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA POR AGROTÓXICOS EM FORTALEZA. Promovido pela Comissão de Direito Ambiental (CDA) da Ordem dos Advogados do Brasil, Ceará (OAB/CE.), com apoio da Escola Superior de Advocacia (ESA).

Tal discussão é motivada devido a notícia “Um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água de 1 em cada 4 cidades do Brasil entre 2014 e 2017” que surpreendeu a população brasileira. Os dados são do Ministério da Saúde e foram obtidos e tratados em investigação conjunta da Repórter Brasil, Agência Pública e a organização suíça Public Eye. As informações são parte do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), que reúne os resultados de testes feitos pelas empresas de abastecimento.

No caso de Fortaleza, foram encontrados 27 agrotóxicos detectados na água que abastece Fortaleza entre 2014 e 2017, dos quais, 11 associados a doenças crônicas como câncer, defeitos congênitos e distúrbios endócrinos […]

  • O debate será com os seguintes especialistas:
    • Fernando Ferreira Carneiro – Pesquisador da Fiocruz Ceará
    • Neuma Maria Silva Buarque – Superintendente de Controle e Qualidade, na Diretoria de Operações da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (CAGECE)
    • Roberta de Paula Oliveira – Supervisora da Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde do Estado
  • Mediação do debate:
    • João Alfredo Telles Melo (Presidente da CDA/OAB₢E)
    • Alisson José Maia Melo (membro da CDH/OAB/CE).

Local: ESA/OAB/CE – Av. Washington Soares, 800.

Horário: 14h.