Eru Iyá!

Vamos celebrar a rainha Iemanjá e as ancestralidades, lutas e resistências das muitas mulheres das águas. Todas e todos estão convidados, na próxima segunda-feira (14/8), para esta atividade que acontece no Sesc Iracema a partir das 18h. A ocasião conta com a exibição do filme Mulheres das Águas, produzido pela Fundação Oswaldo Cruz e Universidade Federal do Rio de Janeiro, e debate sobre o tema com participação de Maninha Pescadora (Articulação Nacional das Pescadoras), Cristiane Faustino (Instituto Terramar), Kelma de Iemanjá (Em Tempos de Ayoká) e o diretor do filme Beto Novaes.

 

 

 

Confira a sinopse do filme:
O documentário retrata a vida e as lutas das pescadoras nos manguezais do Nordeste do Brasil. O modo de vida e a sobrevivência de suas famílias estão ameaçados pela poluição de grandes indústrias e pelo turismo predatório que causam danos ao ecossistema dos manguezais, onde inúmeras espécies marinhas se reproduzem. Destaca o engajamento e a resistência dessas mulheres em busca da preservação e demarcação dos territórios pesqueiros, manutenção e ampliação de seus direitos sociais, melhoria das condições de trabalho e da saúde.

Realização:
Conselho Pastoral dos Pescadores
Instituto Terramar
Articulação Nacional das Pescadoras
Associação Caiçara de Promoção Humana

 

Serviço: 

Eru Iyá – Ancestralidades e resistências das mulheres das águas

Local: Sesc Iracema (R. Bóris, 90 – Praia de Iracema, Fortaleza – CE)

Horário: 18h