A iniciativa vai premiar relatos de agricultoras, bem como extensionistas rurais, que atuam pela redução das desigualdades de gênero no meio que vivem.

A campanha internacional #MulheresRurais, mulheres com direitos lançou, na última quinta-feira (13), o concurso “Vozes, imagens, histórias e experiências das mulheres rurais”. As inscrições vão até 15 de agosto e fazem parte de campanha internacional que pretende empoderar as trabalhadoras do campo, águas e florestas.

A seleção possui duas categorias: Relatos de vida, que abrange o testemunho e experiências de mulheres que vivem e trabalham nas áreas rurais do Brasil; e Experiências de Organizações, que abarcam boas práticas que apresentem exemplos de melhoria da qualidade de vida das agricultoras e do entorno comunitário. Nesta categoria, poderão participar organizações, bem como as profissionais de assistência técnica e extensão rural.

A iniciativa vai premiar relatos de agricultoras, bem como extensionistas rurais, que atuam pela redução das desigualdades de gênero no meio que vivem.

Inscrição

As experiências poderão ser apresentadas em forma de áudio, vídeo, texto, imagem ou fotografia. Para inscrever-se, o material deve ser enviado junto com o formulário disponível neste link para o e-mail campanhamulheresrurais@gmail.com.br, ou pelo WhatsApp (61) 9 9311.1820 até o dia 15 de agosto. No assunto do e-mail, a participante deve informar a categoria na qual deseja concorrer. Mais informações podem ser encontradas no edital.

Os materiais inscritos podem abordar assuntos como redução da pobreza rural, segurança alimentar e nutricional, inovação e infraestrutura, entre outros.

As ganhadoras do Concurso vozes, imagens, histórias e experiências das mulheres rurais irão participar da II Conferência de Mulheres Rurais, nos dias 27 a 29 de setembro, em Assunção, no Paraguai, onde ocorrerá a premiação oficial.

A Campanha

A campanha internacional #MujeresRurales, mujeres con derechos é uma iniciativa organizada pela Reunião Especializada em Agricultura Familiar no Mercosul (Reaf), a Unidad para el Cambio Rural (Ucar) da Argentina, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e, no Brasil, pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (Sead), sob a tradução #MulheresRurais, mulheres com direitos.

A inciativa abrange a América Latina e o Caribe com ações que, este ano, começaram em março e seguem até novembro, trazendo como temática os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU. Em 2016, a campanha compartilhou mais de 120 experiências de 15 países.