O Conselho Nacional das Populações Extrativistas – CNS, entidade de representação e defesa dos interesses das Populações Extrativistas, legitimado e imbuído do compromisso em lutar pela conservação de nossas florestas e pela melhoria da qualidade de vida da população que nela habita, realizará a Jornada de Luta – O III CHAMADO DA FLORESTA.

Ao cumprir 30 anos de luta do CNS pela criação e implementação dos Territórios de Usos Coletivo (RESEXs RDS PAEs PDS), trazemos como foco o chamado a Juventude Extrativista, visando a continuidade da luta e dos enfrentamentos aos novos desafios.

Por isso o tema central é: CONSOLIDAÇÃO DOS TERRITÓRIOS DE USO COLETIVO E SUSTENTÁVEL: Juventude, Floresta Conservada é Vida Continuada.

Data: 27 a 28 de outubro de 2015.

Local: Comunidade São Pedro – Resex Tapajós Arapiuns – Santarém-PA/Brasil

O Chamado da Floresta visa reunir lideranças extrativistas de Territórios de Uso Coletivo e Sustentável de todo o Brasil, em especial da Amazônia, a fim de debaterem estratégias de ação para o biênio 2016/2017 em relação a pauta que trata de Política de Reforma Agrária; Plano de Manejo, Sistema de Assistência Técnica e Extensão Rural -ATER, fomento/crédito, infra-estrutura básica: geração de energia elétrica, captação e distribuição de água, Saneamento, Habitação, vias de acesso, Sistema de saúde, Política educacional, serviços ambientais, criação de novos Territórios de Uso Coletivo Sustentável e combate à violência.

O III Chamado da Floresta é construído com a participação no debate dos temas que compõem a pauta de negociação, de mais de três mil lideranças, que representam diretamente 3.000 famílias, e aproximadamente 150 mil famílias indiretamente, moradoras dos Territórios de Uso Coletivo e Sustentável, (RESEX, PAE, RDS, FLONA, PDS), assim como milhares de outras famílias que moram em áreas extrativistas ainda não destinadas em todo o País.